Tiago esteve com árbitro que insultou. Depois da carta, o novo pedido de desculpas

O jovem jogador do Samora Correia foi expulso por insultar o árbitro durante um jogo dos infantis. Quando reconheceu o erro, escreveu-lhe uma carta a pedir desculpa: "O senhor estava certo e eu lamento." Agora teve oportunidade de o fazer de viva voz.

Tiago Tavares reagiu a quente e insultou o juiz durante a partida que teve lugar a 7 de abril. Agora, com apenas 11 anos, o jogador pediu desculpa ao árbitro depois de ter sido expulso num jogo em Santarém.

Na carta partilhada pelo Samora Correia nas redes sociais, o pequeno Tiago admitiu saber "que pedir perdão não anula a suspensão, mas é bom saber reconhecer os erros".

"Tentei alterar as coisas que fiz mal, não consigo fazer com que a minha equipa possa contar comigo no dia 13 de abril, não consigo apagar as marcas de desilusão dos misters, dos meus colegas, dos familiares e até de si. Mas posso fazer uma coisa: pedir-lhe desculpa e mostrar que estou seriamente arrependido. O senhor estava certo e eu lamento que isto tenha acontecido", escreveu.

A carta tornou-se viral nas redes sociais e foi notícia no diário desportivo espanhol AS. Agora, a Federação Portuguesa de Futebol juntou o jogador do Grupo Desportivo de Samora Correia e o árbitro Ricardo Ramos. O pequeno voltou a lamentar o erro cometido e foi recompensado pelo gesto.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados