"Tocámos o céu." Governo saúda "o feito histórico dos heróis" do andebol

Em declarações à TSF, Tiago Brandão Rodrigues envia os parabéns à seleção portuguesa de andebol, que este domingo conquistou o apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Antigo jogador e adepto de andebol, o ministro da Educação, com a tutela do Desporto, lembra que, a caminho deste apuramento "histórico," Portugal conseguiu bater as "poderosas" equipas da França e da Croácia.

"Não tenho dúvidas de que hoje tocamos no céu, principalmente contra a toda poderosa França, que já foi campeã olímpica, campeã do mundo, campeã da Europa", sublinha Tiago Brandão Rodrigues, lembrando a "pressão acrescida" sobre Portugal, pelo facto de jogar contra a equipa anfitriã. O ministro destaca ainda a eliminação da Croácia, "que também tem enormes pergaminhos na modalidade."

Em declarações à TSF, o ministro da Educação envia os parabéns a toda a equipa que contribuiu para este apuramento.

"É um feito gigante, um feito histórico que todos temos de celebrar", afirma Tiago Brandão Rodrigues, destacando o trabalho da Federação, da equipa técnica, mas sobretudo "os heróis que, em campo, fizeram vibrar um país."

A seleção portuguesa de andebol qualificou-se, este domingo, para Tóquio2020, ao vencer por 29-28 à anfitriã França, em Montpellier, com um golo no último segundo de Rui Silva, alcançando um feito inédito com dedicatória a Alfredo Quintana.

Portugal estava obrigado a vencer a equipa gaulesa, mas esteve a perder por seis golos, aos 7-2 e 9-3, tendo conseguido dar a volta ao marcador e garantir a vitória, no último segundo da partida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de