A caminho do título. FC Porto vence Tondela e fica à espera do Benfica

Danilo, Marega e Fábio Vieira apontaram os golos do FC Porto em Tondela. Se Benfica perder, dragões festejam o título ainda hoje. Veja os golos.

O FC Porto está muito perto de se sagrar campeão e pode festejar ainda esta noite, caso o Benfica não vença em Famalicão. Os dragões foram a Tondela vencer por 1-3. Os golos da partida surgiram na segunda parte.

Sérgio Conceição sabia que em equipa que goleia, não se mexe. E, por isso, o treinador não fez qualquer alteração na equipa inicial na deslocação a Tondela. A noite pode ser de festa, isto se o FC Porto vencer e o Benfica perder, mais logo, em Famalicão.

O encontro começou com os as três equipas a entrarem em campo em conjunto com camisolas com uma mensagem importante: "Não facilites", uma campanha da Direção-geral da Saúde para sensibilizar a população mais jovem.

E foi a equipa azul e branca a criar a primeira grande oportunidade do jogo. O lance surgiu pelo lado esquerdo do ataque do FC Porto, aos 12 minutos. Corona cruzou para a área e Marega cabeceou para uma enorme defesa de Niasse.

O FC Porto foi sempre a equipa mais perigosa do jogo, apesar na finalização. Aos 36 minutos, os dragões tiveram uma contrariedade: Sérgio Oliveira saiu lesionado.

Logo a seguir, Jesús Corona viu o cartão amarelo e fica de fora do clássico com o Sporting, marcado para a próxima semana, em Alvalade.

A segunda parte começou com o golo tão desejado dos Dragões. Canto do lado direito do ataque batido por Alex Telles e, no centro da área, Danilo saltou, cabeceou e marcou, inaugurou o marcador.

Aos 64 minutos, o FC Porto aumentou a vantagem por intermédio de Mossa Marega. O avançado maliano bateu Niasse, após ser isolado por Jesús Corona. ​​​​

A 15 minutos do tempo regulamentar, Matheus Uribe carregou em falta Jonathan na grande área. O árbitro Fábio Veríssimo foi ver o lance nas imagens do videoárbitro e marcou grande penalidade. Da marca dos onze metros, Ronan bateu Marchesín e reduziu a desvantagem.

Aos 86 minutos, Strkalj surgiu na área num lance em que Marchesín negou o golo do empate à equipa do distrito de Viseu.

Já nos descontos, Filipe Sampaio encostou-se a Marega, na grande área, derrubando o avançado maliano. Fábio Veríssimo foi ver as imagens do lance e apontou grande penalidade.

Na conversão, Fábio Vieira marcou o terceiro golo da noite e colocou o FC Porto com uma mão no título.

Onze do Tondela: Babacar Niasse; Fahd Moufi, Philipe Sampaio, Yohan Tavares, Ricardo Alves e Pité; Pepelu, Jaquité e João Pedro; Jonathan Toro e Richard Rodrigues.

Suplentes do Tondela: Diogo Silva, Filipe Ferreira, Tiago, Jota, Pedro Augusto, Jhon Murillo, Xavier, Ronan e Strkalj.

Onze do FC Porto: Marchesín, Manafá, Pepe, Mbemba, Alex Telles, Otávio, Sérgio Oliveira, Uribe, Corona, Soares e Marega.

Suplentes do FC Porto: Diogo Costa, Diogo Leite, Tomás Esteves, Danilo, Vítor Ferreira, Fábio Vieira, Luis Díaz, Zé Luís e Fábio Silva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de