"União", a chave do título. A reação de Sérgio Conceição

Treinador do FC Porto recordou o momento díficil que viveu quando esteve longe do então líder Benfica.

Sérgio Conceição garante que a "união" de todo o grupo de trabalho foi essencial para a conquista do título. O treinador do FC Porto recordou o mês de janeiro, em que os dragões viveram a pior fase da época.

"A palavra certa foi a união do grupo de jogadores. Estou-me a lembrar do jogo com o Sporting de Braga onde merecíamos claramente outro resultado e ficámos a uma distância considerável do nosso rival. Acho que foi importante, essencial, acreditar naquilo que era o nosso trabalho", disse o técnico que conquistou o seu segundo título à frente do FC Porto.

"Se há pessoas que não gostam de perder é o nosso presidente e sou eu. Nós somos muito competitivos, tivemos muitas dificuldades nesta época, uma época longuíssima. Os jogadores são uns grandes obreiros deste título e ainda há outro para ganhar", acrescentou, fazendo referência à final da Taça de Portugal, onde defrontará o Benfica.

Por fim, Sérgio Conceição considerou este 29.º título como um "dos mais importantes do FC Porto".

Os dragões conquistaram esta quarta-feira o segundo campeonato em três anos de Sérgio Conceição a orientar a equipa azul e branca. Só precisavam de pontuar para levar a taça para casa, mas acabaram por vencer o Sporting por 2-0.

Apesar de no estádio as bancadas estarem vazias devido à pandemia de Covid-19, nas ruas os adeptos portistas celebraram com fogo-de-artifício e multidões em êxtase, sem distanciamento social.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de