Uribe, Díaz, Borja e Taremi. Queiroz feliz com sucesso dos pupilos

Numa entrevista à TSF, o selecionador da Colômbia elogia o duo do FC Porto e defende que Borja deve jogar mais no Sporting. Sobre Taremi, lamenta que o iraniano não tenha vindo para a Europa mais cedo.

Os colombianos Matheus Uribe, Luis Díaz e Cristian Borja "estão felizes" por terem apostado em jogar na Europa. Todos têm em comum serem internacionais pela Colômbia, uma equipa orientada por Carlos Queiroz.

Em entrevista à TSF, o treinador português garante que os jogadores vão dar muita qualidade ao futebol português e não se surpreende com o atual rendimento dos atletas em Portugal. Sobre o duo do FC Porto, Queiroz deixa elogios.

"Estão confiantes, estão felizes com a opção que tomaram, de ir para Portugal. Julgo que são excelentes jogadores", disse o técnico português, que destaca a irreverência de Luis Díaz.

"É um jogador com muita habilidade, muita criatividade, muita inspiração. Mas saiu agora do futebol da Colômbia, tem ainda uma margem de progressão à sua frente. Tem de ganhar alguma experiência, tem muito a aprender, mas certamente vai ser um jogador que vai dar nas vistas, pela sua forma de jogar e pela forma de se exprimir dentro do campo", assegura.

Já sobre Cristían Borja, Carlos Queiroz espera ver o lateral a jogar com mais regularidade em Alvalade. "Fez um excelente jogo contra a Venezuela, tem um bom potencial. Sem dúvida, precisa de afirmar e de jogar no Sporting. Julgo que merece essa oportunidade, pelas qualidades que tem e pela atitude ambiciosa, que mostra todos os dias. Tem de jogar", vincou.

Nesta entrevista à TSF, o selecionador da Colômbia aborda ainda o início de campeonato de um jogador que conhece desde os 19 anos. Queiroz fala do avançado Taremi do Rio Ave, um jogador que orientou quando foi selecionador do Irão.

"Tenho ficado surpreendido ao longo destes anos com o facto de ele [Taremi] ter escapado à confiança do futebol europeu e não ter conseguido mais cedo uma oportunidade e um passaporte para se poder afirmar na Europa", referiu o técnico que elogia a capacidade do avançado vilacondense.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de