"Vamos pagar a fatura." Costa Carvalho teme que Benfica desapareça da elite europeia

O candidato às eleições de outubro questiona algumas das contratações deste novo Benfica com Jorge Jesus, que falhou o acesso ao play-off de entrada na Champions.

"Grande exibição de Cavani." Foi com ironia que o candidato à presidência do Benfica, Bruno Costa Carvalho, reagiu à derrota da equipa na Grécia e consequentemente o afastamento da Liga dos Campeões. Tal como Rui Gomes da Silva, Costa Carvalho questiona o investimento avultado da equipa.

"Não percebo. Foram buscar um jogador à Segunda Divisão espanhola, ao Paulo Gonçalves, por uma fortuna, um jogador que marcou 22 golos na carreira inteira. Enfim, foram buscar um jogar que o Jesus disse mal dele quando veio, que é o Pedrinho, que eu não sei se é bom ou mau, mas sei que o treinador disse mal dele. Contrataram um defesa direito que o treinador não gosta... Não sei bem que investimentos são estes, nem quais são os objetivos. Continuamos na mesma: sempre com os mesmos erros, sempre com a mesma atitude, sempre com a mesma política e com os mesmos resultados", critica o candidato eleitoral, em declarações à TSF.

Bruno Costa Carvalho teme ainda que, com a eliminação precoce da Liga milionária, o Benfica fique afastado da elite europeia. "É mais um ano em que aumento o fosso entre o Benfica e os grandes clubes europeus e vamos pagar a fatura daqui a uns anos quando estivermos afastados dessa prova, novo figurino importante, e formos parar a uma espécie de Segunda Liga europeia", disse.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de