ANPME entende que TGV entre Porto e Vigo seria «investimento ruinoso»

A Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas considera que a construção de uma linha de TGV entre Porto e Vigo seria um «investimento ruinoso». Augusto Morais diz que demoraria 30 anos a recuperar este investimento que não traria benefocios para empresas e populações.

A Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas acredita que a construção de uma linha de TGV entre Porto e Vigo não seria uma boa ideia, pois demoraria cerca de 30 anos a recuperar o seu investimento.

«Isto significa que é um investimento ruinoso para as nossas finanças públicas e simultaneamente para o nosso endividamento. Temos um endividamento diário de cerca de 50 milhões de euros mesmo sem estes investimentos estarem em execução», explicou Augusto Morais.

Em declarações à TSF, este responsável da ANPME diz que esta linha não trará benefícios nem para as empresas nem para as populações, uma vez que a zona Norte de Portugal é das áreas «mais pobres da União Europeia».

«A ligação Porto-Vigo não traria qualquer benefício para as populações muito menos para o crescimento económico da região», acrescentou Augusto Morais, que entende que Portugal não tem um mercado que justifique a construção de uma rede ferroviária de alta velocidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de