Aumentos na Função Pública e pensões? "Marques Mendes sabe mais" do que sindicatos

O comentador e antigo presidente do PSD, Marques Mendes, anunciou várias medidas que o Governo estará a preparar para o próximo Orçamento do Estado.

No espaço de comentário que ocupa na SIC, Marques Mendes garantiu que o Governo está a preparar, entre outras medidas, uma descida no IVA da eletricidade (para 6% ou 13%) e do IRS e um aumento das reformas até 850 euros em 0,5%.

Maria do Rosário Gama, presidente da APRe!, associação que representa os Aposentados, Pensionistas e Reformados, lembra que os aumentos das pensões já estão previstos na lei, mas que "tudo o que vier a mais" é bem recebido pelos reformados.

"As pensões estiveram muito tempo congeladas. Só no ano passado é que as pensões acima dos 800 euros foram aumentadas. Se, eventualmente, houver um novo ajuste antes da aplicação da lei, obviamente que é uma boa notícia", afirmou Maria do Rosário Gama à TSF.

Segundo Marques Mendes, estará também prevista uma atualização salarial na Função Pública, onde haverá novas contratações.

Ouvido pela TSF, José Abraão, secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP), disse que talvez "Marques Mendes saiba mais" do que os sindicatos, que ainda não tiveram conhecimento de tais intenções por parte do Governo.

"O Governo tem manifestado alguma preocupação em satisfazer algumas necessidades pontuais de trabalhadores, sempre de forma muito insuficiente e aquém daquilo que seria necessário", declarou.

O dirigente sindical quer, no entanto, "acreditar que o Governo consiga criar condições para que haja aumentos salariais", de forma a "corrigir injustiças".

Questionado pela TSF, o Ministério das Finanças recusou comentar "matérias de Orçamento do Estado antes da sua apresentação".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de