Deco apoia todos os que não queiram pagar 1 euro pela fatura

Mais de 200 consumidores já se queixaram contra o pagamento de faturas em papel.

A associação de consumidores Deco já recebeu mais de 200 queixas contra a cobrança de 1 euro pela emissão de faturas em papel e promete apoiar todos os que queiram contestar a mudança, mesmo que não sejam sócios.

O anúncio é feito no dia em que a Deco acusa a MEO de ser a única empresa que avançou com esta taxação das faturas em papel que para a associação é ilegal.

Tito Rodrigues adianta que receberam mais de 200 queixas e em várias a situação é ainda mais grave pois refere-se a contratos que já estavam em vigor e, na prática, são mudados a meio pela empresa.

A Deco acrescenta que a cobrança pelo envio de faturas em papel é discriminatória para consumidores mais vulneráveis como os idosos. Além disso, a fatura constitui uma obrigação fiscal, cujos encargos não são da responsabilidade do cliente.

Razões que levam a associação de consumidores a garantir, a partir de hoje, apoio gratuito e mediação, mesmo a quem não é sócio da Deco, a quem quiser impugnar este novo custo, pelo menos durante o período de fidelização, ou rescindir o contrato.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de