Descontos nos passes da Carris. CDS acusa Fernando Medina de propaganda

Em causa estão os passes da Carris mais baratos ou mesmo grátis para crianças até aos 12 anos. O CDS lembra que deviam entrar em vigor a 1 de janeiro mas ainda não estão disponíveis.

A TSF constatou no Centro de Atendimento de Clientes da Carris que não estão disponíveis nem se sabe quando vão estar os prometidos passes grátis da Carris para crianças até 12 anos, nem os passes para idosos a 15 euros.

De acordo com o CDS-PP, o presidente da Câmara de Lisboa (CML), Fernando Medina, prometeu que estariam em vigor a 1 de janeiro de 2017, já com a Carris sob gestão da autarquia.

O diploma que determinou a transferência das ações da empresa pública para o município foi aprovado no Conselho de Ministros do passado dia 20 de dezembro e ontem estava ainda para análise na Presidência da República. O Plano Estratégico da empresa terá ainda de passar por reuniões de Câmara e da Assembleia Municipal.

O vereador do CDS-PP na autarquia lisboeta, João Gonçalves Pereira, resume tudo a um ato de mera propaganda política.

João Gonçalves Pereira acusa o autarca Fernando Medina de ter enganado os lisboetas

00:0000:00

O vereador do CDS diz que já fez muitas perguntas que considera essenciais, mas até agora não obteve qualquer resposta

00:0000:00

Quanto à Comissão de Utentes dos Transportes Públicos de Lisboa, queixa-se de não ter sido ouvida. Cecília Sales, membro da comissão, diz à TSF que há muitas dúvidas sobre a real capacidade da autarquia para assumir esta responsabilidade, pelo que a empresa deveria ter continuado na esfera do Governo.

A Comissão de utentes dos transportes públicos de Lisboa queixa-se de não ter sido ouvida

00:0000:00

A comissão de Utentes dos Transportes Públicos de Lisboa queixa-se ainda da violação das regras no anúncio das novas tarifas para 2017, lembrando que os novos preços foram divulgados em meados de dezembro, o que não permitiu a contestação em tempo útil.

Aumentos que não se justificam, diz a comissão, perante a degradação do serviço prestado pelo Metro e pela Carris.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de