Fiat encerra cinco fábricas Iveco na Europa até ao final do ano

O fabricante de veículos comerciais Iveco, subsidiária da Fiat Industrial, vai fechar cinco das suas fábricas na Europa até ao final do ano, e reagrupar as operações na Alemanha, anunciou hoje o diretor-geral da empresa, Alfredo Altavilla.

O responsável indicou, citado pela agência italiana Ansa, que as operações vão ser suspensas nas unidades de Chambéry (França), Weisweill e Ulm (Alemanha), e Graz e Goerlitz (Áustria).

O encerramento destas unidades vai envolver 1.075 trabalhadores, acrescentou Altavilla, que fez este anúncio durante a apresentação de um novo camião da marca.

«São encerramentos dolorosos, mas servem para reforçar a empresa no seu conjunto. Não vamos cortar nos investimentos. Quando os mercados dispararem, estaremos prontos», afirmou o diretor-geral da Iveco.

O responsável anunciou na mesma ocasião que o fabricante automóvel italiano vai criar na localidade alemã de Ulm um «pólo de excelência» para o desenvolvimento de veículos de combate a incêndios.