"Desespero" e tática do "vale tudo". As reações dos adversários de Tomás Correia

António Godinho e Fernando Ribeiro respondem às acusações de Tomás Correia, que considerou que os adversários estão a querer ganhar eleições na secretaria.

Desespero! A palavra é usada pelos dois antigos adversários de Tomás Correia nas eleições para a Associação Mutualista Montepio, em reação às acusações do líder da associação.

Em entrevista à TSF, Tomás Correia acusou os antigos adversários de querem ganhar na secretaria o que não conseguiram nas eleições de dezembro.

Ouvido pela TSF, Fernando Ribeiro Mendes considera que é só uma questão de tempo até que Tomás Correia seja afastado da associação mutualista.

"Percebo que uma pessoa tão acossada como ele e desesperada, tente inverter a realidade dos factos. O dr. Tomás de Correia não se conforma com aquilo que é inevitável que é ter de sair por força de não cumprir os critérios de idoneidade que são exigíveis", adiantou.

Outro adversário de Tomás Correia, António Godinho, acusa o líder da mutualista de estar a usar uma tática de "vale tudo".

Continuar a ler