Projetos

Entre a ameixa e a memória renascida. A cidadania em prática no Orçamento Participativo

Da ameixa aos moinhos ou às levadas, passando pelas filarmónicas ou por uma embarcação desaparecida. "Portugal sem touradas" ou "Tauromaquia para todos". São muito diversos os projetos II Edição do Orçamento Participativo Portugal.

Desejam preservar a memória, preocupam-se com a floresta e com o futuro, têm vincos regionais mas podem ser mais abrangentes ou promoverem a inclusão. Ao todo candidataram-se 691 projetos. Desta vez, eram possíveis projetos de todas as áreas de governação.

O Orçamento Participativo Portugal (OPP) para lá do orgulho traz sobretudo confiança, afirma à TSF Graça Fonseca, secretária de estado da modernização administrativa. Porque "ajuda a combater o fenómeno de que não vale a pena". Por exemplo, um dos projetos vencedores de 2017 mudou a vida de 100 mil jovens.

Criado a pensar na aproximação dos cidadãos à política e à decisão política, este OPP tem mais votos, mais dinheiro, mais projetos, mais áreas e mais projetos do que a I Edição de 2017. Mas ainda falta um longo caminho para a consolidação: "seria arrogância afirmar que está consolidado, são processos longos" admite Graça Fonseca.

A votação terminou no final do mês de setembro. Esta quinta-feira são conhecidos os vencedores. Há uma verba de 5 milhões de euros para concretizar estes sonhos de cidadania (mais 2 milhões do que no ano passado).

A secretária de estado da modernização administrativa acredita que o OPP tem potencial para ser uma ferramenta de aproximação das pessoas à política, para para criar redes nacionais em diferentes áreas de políticas públicas e para a concretização de projetos integradores de zonas do litoral e do interior.

Os cidadãos estão habituados aos Orçamentos Participativos dos municípios e começam agora a habituar-se a apresentar e a escolher orçamentos menos localizados.

Para os projetos deste ano foi ultrapassado o número de votos da primeira edição que teve cerca de 80 mil votos, para além da participação direta de 2 mil pessoas em meia centena de encontros em todo o país.

  COMENTÁRIOS