Economia

Famílias pedem cada vez mais dinheiro para comprar casa

Nos primeiros nove meses do ano os pedidos aos bancos para a aquisição de habitações aumentaram 43% face ao mesmo período de 2016.

O Banco de Portugal revela que nos primeiros nove meses do ano os portugueses pediram perto de 6 mil milhões de euros emprestados para a aquisição de habitações, um aumento de 43% face ao mesmo período de 2016.

O aumento expressivo explica-se com a queda abrupta do crédito à habitação nos últimos anos, que leva a que os aumentos em valor absoluto correspondam a crescimentos muito grandes em termos percentuais.

Crédito malparado recua para mínimos de 2012

Os empréstimos de cobrança duvidosa estão nos 14800 milhões de euros, com as empresas a desempenharem o principal papel neste recuo. As companhias têm 10 mil milhões de euros de empréstimos difíceis, enquanto os particulares respondem por 4800 milhões, pouco abaixo do valor de agosto, com o crédito à habitação a ter a fatia maior do malparado, 2 mil milhões.

  COMENTÁRIOS