"Há um diálogo em curso entre a Comissão e o governo italiano"

Os ministros do Eurogrupo estão reunidos em Bruxelas, com vários temas em cima da mesa. A análise aos projetos orçamentais, nomeadamente ao italiano que está em incumprimento, é apenas um dos assuntos.

À entrada para a reunião, Centeno disse que se espera uma longa tarde e noite de trabalho, já que trouxe para a reunião todos os dossiers que analisou desde que tomou posse.

"Temos pela frente uma reunião que se prevê longa, mas muito participada, com todos os temas que nos têm vindo a ocupar ao longo deste semestre e também do primeiro semestre deste ano", afirmou o ministro do governo português que coordena as reuniões do Eurogrupo, garantindo que no final da reunião terão sido alcançados resultados em todas as áreas.

"Vamos tomar decisões sobre o Mecanismo de Estabilidade Europeu, como o mecanismo de prevenção e gestão de crises, porque vamos tomar decisões sobre a união bancária e o sistema de resolução bancária, na Europa, para o tornar mais credível, porque vamos discutir temas que têm a ver com a sustentabilidade das dívidas - da dívida na Europa, que é um tema também muito importante, para a resiliência da economia da área do euro", afirmou Centeno, acrescentando que vão também ser debatidas "as oportunidades de criar um orçamento para a área do euro, nas diferentes propostas que estão em cima da mesa".

Já sobre o orçamento Italiano, o Eurogrupo vai limitar-se a concordar com a avaliação da Comissão. Deixa as decisões para o executivo comunitário, vincando que a porta do diálogo, entre Roma e Bruxelas, ainda não foi encerrada.

"Há um diálogo em curso entre a Comissão e o governo italiano. É assim que deve ser. É assim que tem sido em todas as ocasiões em que divergências face ao Pacto de Estabilidade e Crescimento acontece[m]. Vamos obviamente ouvir a opinião de todos à volta da mesa e esperar, aquilo que é a reação das autoridades italianas, nos possam trazer, no futuro, uma situação de cumprimento de Itália, em relação a esta matéria também", afirmou.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de