vistos gold

"Há uma série de gente a gozar com os perigos dos vistos gold"

A eurodeputada do PS alerta que a falta de auditorias anuais coloca os vistos "em roda livre".

Ana Gomes diz que é "muito grave" que a Inspeção-Geral da Administração Interna, por ordens do Governo, nunca mais tenha concluído, desde 2014, uma auditoria (que devia ser anual) à concessão destas autorizações de residência para estrangeiros com muito dinheiro.

A eurodeputada do PS, que tem criticado os vistos gold, diz que esta ausência é "extraordinária", sobretudo porque é obrigatória anualmente: "O processo está a funcionar sem que ninguém saiba ao certo como funciona".

PUB

Ana Gomes, a propósito dos dados revelados esta segunda-feira pela TSF , conclui que "de facto há uma série de gente a gozar com um sistema que é perverso, como a Comissão Europeia já concluiu, não só por fomentar a corrupção mas também colocar em causa a segurança europeia".

Ana Gomes recorda o escândalo que levou ao julgamento de um antigo ministro e sublinha que sem estas auditorias anuais o sistema tem andado "em roda livre".

Recentemente, depois de um relatório muito crítico da Comissão Europeia, uma comissão especial do Parlamento Europeu propôs a abolição dos vistos gold, considerando que os benefícios económicos não compensam os riscos graves de segurança que estes representam para o branqueamento de capitais e evasão fiscal.

LER MAIS:

- Lei exige auditorias anuais aos vistos gold, mas há cinco anos que não se conhece nenhuma

  COMENTÁRIOS