Web Summit

É a maior plataforma portuguesa de alojamento local. Agora quer conquistar a Europa

Conta com 700 casas em Lisboa, Porto e Algarve. A "The City Concierge" foi criada há quatros anos e procura ir pela Europa fora.

Foi para fazer a empresa crescer que decidiram marcar presença na Web Summit. O criador deste mordomo para todo o serviço está confiante num modelo de negócio que não podia ser mais tradicional.

Paulo Bastos, o criador da "The City Concierge", confessa que a firma ganha uma comissão de 25% paga pelos donos dos imóveis por cada aluguer conseguido.

Mas o que distingue a empresa, adianta Paulo Bastos, é o tipo de serviço. "O que nós fazemos é a gestão de alojamento local, ou seja apartamentos para turismo. Neste momento somos a maior empresa do país a fazer gestão de alojamento local, com mais de 700 imóveis ativos no Porto, Lisboa e no Algarve", explica.

Fazem a gestão completa das casas ocupadas pelos turistas. "O proprietário apenas precisa de entregar-nos a chave do imóvel e nós tratamos de tudo, desde a receção, limpeza, lavandaria. A receção é feita por uma pessoa no apartamento, que faz a assistência durante a viagem", revela Paulo Bastos.

A carteira de 700 casas não está numa plataforma própria; utiliza antes um dos gigantes do alojamento local, a Airbnb.

"Nós não concorremos com a Airbnb. Somos parceiros oficiais da Airbnb, que é uma plataforma de reserva, e nós disponibilizamos todos os serviços à volta da reserva. Na verdade, somos os primeiros e os únicos parceiros oficiais" em Portugal da plataforma global de alojamento local, diz com orgulho Paulo Bastos.

O presidente da empresa afirma que, em apenas quatro anos, "os resultados são excelentes" e, por isso, esperam expandir o negócio para outros pontos da Europa.

  COMENTÁRIOS