Economia

Lisboa, Vila Nova de Gaia e Porto lideram dívidas das autarquias

Mais de metade do total das dívidas das autarquias está concentrada em 35 municípios. No topo da lista, encontra-se Lisboa, seguida de Vila Nova de Gaia e Porto.

O anuário financeiro das autarquias vai ser apresentado esta manhã numa conferência sobre o poder local, organizada pela TSF e pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas.

PUB

Ao todo, a dívida ultrapassa os 7 mil milhões de euros, um aumento de sete por cento em relação ao ano de 2007.

Mas esta divida global, mais de 3780 milhões (o que dava para construir 4 pontes Vasco da Gama), está concentrada em 35 câmaras.

A que mais deve é a Câmara de Lisboa – 1116 milhões de euros, seguida de Vila Nova de Gaia e do Porto.

O Porto é no entanto, o município onde o passivo foi mais reduzido. Caiu 15,3 por cento, ou seja, uma redução de 27 milhões de euros.

Vila Nova de Famalicão e Almada também melhoraram as contas e deixaram de fazer parte da lista dos 35 mais devedores.

Em sentido contrário, Portimão e Portalegre que não faziam parte em 2007, passam a integrar a lista dos municípios que mais devem.

O anuário financeiro de 2008 mostra ainda que a dívida de médio e longo prazo subiu quase 290 milhões de euros e em duas câmaras, as dívidas aos fornecedores ultrapassam em 50 por cento das receitas obtidas.

São elas a Câmara de Lisboa, que deve 652 milhões e a Câmara de Vila Nova de Gaia, com uma divida superior a 78 milhões de euros só a fornecedores.