Economia

O seu carro pode ser sinónimo de negócio

Está a chegar a Portugal uma plataforma inovadora que consiste no aluguer de viaturas, sem condutor, sendo que na "Bookingdrive" não existe uma frota própria. O carro para alugar pode ser o seu.

Se tem um automóvel parado na garagem ou estacionado o dia inteiro no parque durante o horário laboral pode, a partir de agora, inscrever-se online para o colocar à disposição do mercado. O carro pode ser alugado, no mínimo por duas horas, no máximo durante sete dias.

Internacionalmente conhecido como 'carsharing', o conceito está espalhado por vários países em todo o mundo e assemelha-se a outras plataformas, onde é possível alugar, por exemplo, uma casa, como a Airbnb.

Jorge Forte é administrador da plataforma "Bookingdrive" e acredita que o serviço vai ser um sucesso. Garante ainda que, ao contrário da guerra Uber/Cabify e taxistas, as empresas de aluguer de automóveis nada poderão contestar o serviço porque a lei está do seu lado, ou seja, o serviço tem assegurado um enquadramento legal.

A ideia, que começou a ser pensada em 2007, só agora é uma realidade em Portugal e não foi fácil concretizá-la. Conquistar a confiança de uma seguradora, para formar parceria no negócio, foi o maior entrave que Jorge Forte teve de enfrentar. "Só em negociações demorei cerca de oito meses".

Se quiser pertencer a esta plataforma basta aceder a bookingdrive.com. O serviço arranca, na prática, a 1 de dezembro. Até lá está em marcha a angariação de proprietários. A ideia é abranger todo o país e colocar à disposição dos utilizadores, vários modelos, de diferentes marcas e segmentos.