Economia

Necessário «mais Europa» para resolver problemas da dívida, diz ministro

No Parlamento, Vítor Gaspar pediu um «consenso alargado» entre os partidos que apoiam o Governo e o PS e disse desconhecer as condições em que foi feito o empréstimo à banca espanhola.

O ministro das Finanças considerou, esta terça-feira, na Assembleia da República, que é necessário «mais Europa» para resolver os problemas causados pela crise da dívida.

PUB

«Por isso que nos próximos dias é fundamental que os partidos da maioria que apoia o Governo, o Governo e o PS estejam ativamente empenhados em criar as bases de um consenso alargado que permita maximizar a influência que podemos ter na evolução da agenda e integração europeia», disse Vítor Gaspar.

Presente na comissão que faz o acompanhamento do programa de assistência financeira, o titular da pasta das Finanças disse desconhecer as condições em que foi feito o empréstimo de cem mil milhões de euros ao setor bancário espanhol.

«No quadro do Eurogrupo, não foi sequer claro qual o mecanismo europeu que será utilizado», adiantou Vítor Gaspar, que explicou que ainda é preciso «algum tempo adicional» para se saber quais os montantes, taxas e os prazos deste empréstimo.