Lisboa

O novo Aeroporto do Montijo em vídeo

A Aeroportos de Portugal (ANA) divulgou o vídeo do projeto do novo aeroporto nacional.

O Governo entregou à ANA, esta terça-feira, o contrato para a construção do novo Aeroporto do Montijo.

A pista do aeroporto vai ser "ampliada um pouco mais de 300 metros para sul para não entrarmos na ZPE" (Zona de Proteção Especial das Aves) , revelou o presidente da Comissão Executiva da ANA na apresentação.

Com esta pista, o aeroporto fica preparado para receber aviões de médio e longo curso e "a infraestrutura do Montijo está planeada para poder atingir uma capacidade de perto de 20 milhões de passageiros (por ano) e 24 movimentos por hora, no fim da concessão em 2062", mas este é um "cenário modesto", garantiu Thierry Ligonnière.

O novo aeroporto vai ter um estaleiro de obra ao longo de 33 meses e inclui a construção de uma circular externa no Montijo, de um novo acesso direto do aeroporto à Ponte Vasco da Gama, da Variante da Atalaia e de duas avenidas de ligação ao Cais do Seixalinho.

"Mesmo depois deste acordo [de financiamento da expansão] assinado, o debate vai prosseguir. Mas a decisão é esta e há que a pôr em prática", sublinhou António Costa , no Montijo, na cerimónia de assinatura do acordo sobre o modelo de financiamento para a construção do novo aeroporto e o reforço da capacidade do atual aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

O primeiro-ministro lembrou que o processo está ainda dependente das avaliações do impacto ambiental da conversão base aérea do Montijo para uso civil, em 2022, mas que, com o acordo fechado esta terça-feira, podem avançar os trabalhos no aeroporto Humberto Delgado.

  COMENTÁRIOS