Olli Rehn insiste em acordo entre partidos portugueses sobre reformas

Para este comissário europeu, só desta forma o novo Governo possa implementar o programa que foi acordado com a UE e o FMI».

O comissário europeu dos Assuntos Económicos apelou aos partidos portugueses para que se ponham de acordo quanto a um programa de reforma económica.

Para Olli Rehn, só desta forma o próximo Governo pode cumprir as metas económicas estabelecidas no memorando para a ajuda externa a Portugal.

«É importante que em Portugal exista um acordo entre os partidos para o programa de reformas da economia para que o novo Governo possa implementar o programa que foi acordado com a UE e o FMI com vista a uma consolidação fiscal e a reformas estruturais para o crescimento económico», acrescentou.

Para Olli Rehn, que disse acreditar que o novo Governo português «será formado em tempo oportuno», sublinhou que a aplicação do programa de reformas será «muito importante para Portugal e também para reformar o sistema financeiro».

Por seu lado, o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, espera que o «Governo português se aplique a executar o programa com que estamos de acordo».

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de