Economia

Portugal e Angola em vias de acabar com a dupla tributação

O acordo deve ser assinado durante durante a visita do primeiro-ministro, António Costa, a Luanda, que se realiza nos dias 17 e 18 de setembro.

Tudo indica que Portugal e Angola vão assinar na próxima semana o acordo para o fim da dupla tributação. A notícia é avançada esta manhã pelo Negócios.

O jornal escreve que o acordo vai ser assinado durante durante a visita do primeiro-ministro, António Costa, a Luanda, que se realiza nos dias 17 e 18 de setembro.

Esta é uma medida há muito reclamada por empresários dos dois países que se queixam de ver o mesmo rendimento ser taxado em Angola e em Portugal.

Na visão de Paulo Nunes de Almeida, presidente da Associação Empresarial de Portugal, Angola "é um parceiro determinante a vários níveis", uma vez que "é um mercado muito importante de destino das exportações portuguesas, em particular para fora da União Europeia e naquilo que tem a ver também com o investimento de Portugal em Angola e também com os portugueses que vivem em Angola."

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola, João Traça, diz que esta medida é um passo essencial para a relação entre os dois países: "Esta convenção é um exemplo e é o reconhecimento de que as relações entre os dois países são bilaterais, porque há investimento também angolano em Portugal."

À TSF, o secretário de Estado da internacionalização, Eurico Brilhante Dias, confirmou apenas que decorrem negociações para o fim da dupla tributação.

  COMENTÁRIOS