Economia

Portugal e Espanha vão investigar o aumento do preço da eletricidade

O conselho de reguladores do MIBEL vai investigar o que se está a passar. Uma das hipóteses em estudo é a cartelização.

Esta terça-feira, o secretário de Estado da Energia esteve reunido com o homólogo espanhol para analisar o aumento de cerca de 20% em relação ao ano passado no Mibel, o mercado integrado dos dois países.

Ouvido pela TSF, Jorge Seguro Sanches sublinha que o conselho de reguladores do Mibel vai investigar o que se está a passar. Uma das hipóteses em estudo é a cartelização.

"A questão não é apenas portuguesa mas ibérica. Os preços são praticamente iguais todos os dias" nos dois países, sublinha Jorge Seguro Sanches. Questionado sobre se admite tratar-se de uma situação de cartelização, o secretário de Estado responde: "Estamos à espera de ter respostas, o que cabe às entidades competentes, aos reguladores".

O secretário de Estado da Energia português sublinha que aparentemente não há razões para este aumento do preço da eletricidade, até porque este ano já não houve seca. "O ano passado foi seco e este ano a produção está mais cara", anota. Por isso questiona: "Ou as leis da oferta e da procura estão erradas ou houve qualquer questão no mau funcionamento do mercado".

Por isso, os dois governantes decidiram "fazer uma ação comum" para a qual pedem "rapidamente respostas" para um aumento que, dizem, não tem justificação.

  COMENTÁRIOS