Presidente do Eurogrupo espera reforço da cooperação com nova ministra das Finanças

O presidente do Eurogrupo disse hoje que a nova ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, é «bem conhecida» no fórum de ministros da zona euro e afirmou aguardar com expectativa o reforço da cooperação para a recuperação de Portugal.

Numa curta declaração escrita enviada à agência Lusa, na sequência da exoneração de Vítor Gaspar, Jeroen Dijsselbloem afirmou que o ministro de Estado e das Finanças português era «um colega muito apreciado no Eurogrupo», o fórum dos ministros das Finanças da zona euro.

Dijsselbloem disse que Maria Luís Albuquerque, que substituirá Vítor Gaspar e que até agora desempenhava as funções de secretária de Estado do Tesouro, «é bem conhecida» no Eurogrupo.

«Aguardo com expectativa o reforço da cooperação no sentido da recuperação económica de Portugal», acrescenta o presidente do Eurogrupo.

Com a exoneração de Vítor Gaspar, caem automaticamente os restantes secretários de Estado do Ministério das Finanças: Luís Morais Sarmento, secretário de Estado do Orçamento, Manuel Rodrigues, secretário de Estado das Finanças, Paulo Núncio, dos Assuntos Fiscais, e Hélder Rosalino, da Administração Pública.

Maria Luís Albuquerque vai tomar posse na terça-feira, às 17:00, no Palácio de Belém.

No final de maio, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, realizou uma visita oficial a Portugal, que incluiu uma reunião bilateral com Vítor Gaspar e audiências com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e com o Presidente da República, Cavaco Silva.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de