Transferências bancárias imediatas. Já não há desculpa para não pagar àquele amigo

Banco de Portugal e SIBS lançam plataforma de pagamentos imediatos. Sistema já tem adesão de 15 instituições que representam 95% das contas bancárias.

"Transferências até às 15h são processadas no dia seguinte" vai em breve ser uma frase do passado. Desde esta terça-feira que os bancos em Portugal já podem disponibilizar transferências imediatas aos clientes - e 15 instituições já aderiram ao sistema desenvolvido pela SIBS, representando 95% das contas de 15 milhões de utilizadores.

A gestora da rede Multibanco e do sistema MBWay (que desde 2016 permite transferências imediatas mas apenas entre aderentes ao serviço) disponibilizaram nesta semana a plataforma que permite a realização de transferências no limite máximo de dez segundos - e logo nas primeiras horas, houve muitas operações.

As instituições bancárias vão disponibilizar (e nalguns casos já o fazem) a opção de, nas apps e sistemas de homebanking, escolher a forma instantânea de fazer transferências, que garante que o destinatário recebe o dinheiro na conta em menos de dez segundos, sendo notificado da operação.

Numa primeira fase as instituições financeiras deverão disponibilizar o serviço gratuitamente, mas é expectável que no futuro cobrem a operação - as transferências tradicionais têm frequentemente custos associados.

Nas primeiras horas de operação, a SIBS monitorizou milhares de operações que em média, demoraram 1,5 segundos a processar - é menos do que o tempo que demora a digitar um IBAN.

A tecnologia pode também facilitar a vida às empresas que, ao escolherem fazer pagamentos e recebimentos em transferência imediata, podem simplificar a gestão de caixa.

O passo seguinte é ligar o sistema nacional aos equivalentes estrangeiros na zona euro, de forma a possibilitar as transferências imediatas entre contas de países diferentes. Nesta semana 17 dos 34 territórios da SEPA (Single Euro Payments Area ou Área Única de Pagamentos em Euros) aderiram ao sistema.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de