"Estamos perto de uma crise." Baixas contagens de esperma ameaçam futuro da Humanidade

Shanna Swan, epidemiologista e investigadora na área da reprodução, na Escola de Medicina Icahn no Monte Sinai, de Nova Iorque, junta uma nova crise à das alterações climáticas. Não é apenas o aquecimento global que põe em risco a sobrevivência da espécie. A ação humana conduziu a uma crise de fertilidade cada vez mais difícil de combater. A autora revela mesmo, nesta entrevista à TSF, que o ser humano está a chegar perto do ponto de não retorno.