Conferência Retomar Portugal - Cultura

A Cultura é um dos setores mais afetados pela Covid-19, mas com a vacinação e a implementação de medidas de apoio o setor tenta reerguer-se. Debater esta recuperação leva o BPI, JN e TSF a lançar a primeira conferência setorial da 2.ª edição do "Retomar Portugal".

O impacto da pandemia de Covid-19 no setor cultural foi considerado devastador e por isso no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) apresentado à Comissão Europeia, o Governo inscreveu de forma autónoma a verba de 244 milhões de euros destinados a esta área assim como a decisão de reverter para a arte 1% do investimento global realizado em obras públicas. Esta é uma das medidas para revitalizar um setor que tenta olhar de novo para o futuro. Refletir sobre os caminhos a seguir no universo cultural é precisamente o objetivo da primeira conferência do Retomar Portugal.

No ano passado, a pandemia de Covid-19 conduziu a um recuo de 31% das receitas na área da Cultura na Europa. Um relatório realizado pela consultora Ernest and Young, para o Grupo Europeu de Sociedades de Autores e Compositores, revela que a indústria cultural europeia terá registado uma quebra acumulada de 199 mil milhões de euros sendo que nas artes cénicas e na música a quebra de receitas foi, respetivamente, de 90% e 76% em 2020.

As quebras na atividade decorreram do encerramento generalizado de museus, cinemas, livrarias, salas de espetáculos, exposições e suspensão de concertos. O universo cultural foi sujeito, tal como os restantes setores, a confinamentos forçados deixando milhares de trabalhadores, na sua maioria independentes, no desemprego.

Em Portugal, este setor foi também um dos que mais sofreu com a pandemia. O governo realizou, em abril, um conselho de ministros inteiramente dedicado ao setor de modo a aprovar medidas e apoios extraordinários que pudessem mitigar o impacto da crise sanitária numa área marcada há anos pela precariedade dos seus trabalhadores. A estes programas junta-se o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) apresentado à Comissão Europeia e que contempla a Cultura de forma autónoma.

Com estes instrumentos e com a vacinação em curso, importa refletir sobre os passos que devem ser dados por forma a recuperar a atividade de um setor que agora reabre. Com esse objetivo, o banco BPI em parceria com o JN e a TSF lançam a 2.ª edição do "Retomar Portugal", um ciclo de conferências setoriais com o objetivo de debater as estratégias que devem ser seguidas de modo a alavancar a economia portuguesa.

A conferência foi transmitida em direto nos sites do JN, da TSF e no Linkedin do BPI. Pode consultar o programa completo aqui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de