Setor social prioritário no desenvolvimento e coesão do Douro, Tâmega e Sousa

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa considerou o terceiro setor como uma das prioridades de investimento do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da região. O setor contou com um bolo de cerca de nove milhões de euros de fundos europeus.

Foi com base numa lógica de parceria que a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa trabalhou com as Instituições Particulares de Solidariedade Social e Misericórdias da região, no âmbito do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão (PDCT) do Tâmega e Sousa - o plano que traça o destino dos 78 milhões de euros de fundos comunitários destinados à região, no âmbito do programa Portugal 2020. Telmo Pinto, primeiro-secretário da CIM do Tâmega e Sousa, diz que muitos projetos receberam pequenas ajudas, mas os benefícios foram muito grandes.

"A CIM, no âmbito do PDCT, contratualizou com a autoridade de gestão cerca de nove milhões de euros para equipamentos sociais. Apoiámos investimentos mais avultados, de mais de um milhão de euros, mas também pequenos investimentos que, muitas vezes, são estratégicos. Estamos a falar, por exemplo, numa transformação na cozinha ou na aquisição de uma carrinha de transporte de utentes."

A preparar o próximo quadro comunitário, a CIM do Tâmega e Sousa está a identificar prioridades por município e por valência. A economia social é estratégica para o território e, por isso, Telmo Pinto aponta as oportunidades a não perder.

"Não podemos esquecer que a par dos fundos europeus geridos pela CIM existem outros fundos geridos pela Segurança Social, a que acresce, ainda, o Plano de Recuperação e Resiliência, que também vai investir em estruturas sociais. Nós, mediante este diagnóstico que estamos a realizar, temos de ir ao encontro das verdadeiras necessidades e continuar a apostar neste setor."

A divulgação do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Tâmega e Sousa insere-se na Operação "A Europa e as Regiões: comunicar o PDCT do Tâmega e Sousa", promovida pela CIM do Tâmega e Sousa, e cofinanciada pelo POAT 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de