Europeias 2019

Aquecimento global é "a maior ameaça" do planeta

O eurodeputado Ricardo Serrão Santos identifica as alterações climáticas como "maior ameaça", com "consequências diretas" na produção agrícola.

Em entrevista à TSF, no âmbito do ciclo de entrevistas com os eurodeputados portugueses, Ricardo Serrão Santos defende a adaptação da forma de fazer agricultura. O eurodeputado e cientista português alerta que as consequências na "produção de recursos naturais", considerando ainda que o setor não deve também ele contribuir para o aquecimento global.

PUB

"As alterações climáticas são eventualmente a maior ameaça que eventualmente o planeta está a enfrentar, que tem obviamente consequências direta na produção de recursos naturais, dos quais [os] da agricultura", afirmou, defendendo uma adaptação dos modelos de produção.

"Quando o clima muda, as culturas também têm de se adaptar ou os sistemas de produção têm de se adaptar", nomeadamente através da "agricultura de agricultura de precisão", com a utilização "métodos tecnológicos para conduzir a nossa produção agrícola".

O deputado afirma que é preciso ter em conta que "a agricultura também tem impactos" sendo por isso "importante" que este setor também possa "contribuir para a mitigação do aquecimento global (...) de modo a que a temperatura do planeta não se fixe acima de 1,5 graus centígrados", como define o acordo de Paris.

Ricardo Serrão Santos é antigo diretor do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores. Foi eleito em 2014, pelo Partido Socialista. No Parlamento Europeu integra a comissão de Agricultura e do Desenvolvimento Rural e a Comissão das Pescas.

Ao longo as próximas semanas vamos procurar respostas a questões como as alterações climáticas, crescimento e emprego, direitos humanos, eleições europeias, futuro da Europa, migrantes, proteção dos consumidores, proteção social? Estes são alguns dos pontos de partida para a conversa com os eurodeputados, em direto, de Bruxelas ou Estrasburgo.

Todas as semanas, às quartas-feiras, antes do Fórum, na emissão TSF e em TSF online, os temas europeus passam por aqui.

"O ciclo de 21 entrevistas" faz parte do projeto da TSF A Hora da Europa, com o apoio do Parlamento Europeu.

  COMENTÁRIOS