Como age a UE com os incêndios florestais nos Estados-membros?

Desde o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais até ao Fundo de Solidariedade, a União Europeia ajuda os Estados-membros na prevenção e combate aos incêndios e também na reconstrução das zonas afetadas.

Todos os anos, a época dos incêndios é uma preocupação para os países europeus que, em muitos casos, não conseguem dar resposta sozinhos ao propagar das chamas. Portugal tem nisso um exemplo ao já ter beneficiado várias vezes da ajuda dos parceiros europeus no combate a incêndios florestais.

Desde logo, a União Europeia conta com o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais, um centro que coordena toda a informação europeia sobre perigo de incêndio, avaliação de danos ou mesmo emissões de poluentes para a atmosfera.

Já para fazer frente a incêndios de grandes dimensões, pode também ser ativado por Bruxelas o mecanismo europeu de proteção civil. Através do Centro de Coordenação de Resposta de Emergência, as autoridades europeias acompanham os desenvolvimentos em tempo real e coordenam os contactos entre o país em causa, os peritos no terreno e os países que participam no mecanismo e que estão prontos a ajudar.

A título de exemplo, nos incêndios florestais da Suécia do verão de 2018, este centro coordenou os meios europeus de ajuda ao combate e que incluíram recursos de Itália, França, Alemanha, Lituânia, Dinamarca, Portugal e Polónia.

Além da ajuda no terreno e dos meios de combate, está previsto ainda o Fundo de Solidariedade que pode ser utilizado na reconstrução de infraestruturas críticas e para operações de limpeza depois dos incêndios. No caso português, por exemplo, para fazer face aos prejuízos dos incêndios da zona centro em 2017, foram mobilizados mais de 50 milhões de euros propostos pela Comissão Europeia e aprovados pelo Parlamento Europeu. Portugal já recorreu a este fundo outras três vezes: incêndios de 2003, cheias e incêndios na Madeira em 2010 e 2016.

"Sabia que? Tudo o que precisa de saber sobre a União Europeia"faz parte do projeto da TSF A Hora da Europa, com o apoio do Parlamento Europeu.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de