Comissário Pierre Moscovici ficou "aliviado" com resultados das Europeias

O Comissário Europeu dos Assuntos Económicos confessou-se "aliviado" pelo crescimento abaixo do esperado dos partidos populistas. Pierre Moscovici também elogiou o Governo português.

O Comissário Europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, disse esta terça-feira, em Cascais, estar "aliviado" com os resultados das eleições europeias de domingo, que fortaleceram a continuidade do projeto europeu.

O responsável falava durante as Conferências do Estoril, que decorrem até 29 de maio na Nova School of Business and Economics, onde assinalou que "muitos temiam que os anti-europeus ganhassem", o que não aconteceu.

"É verdade que os partidos populistas cresceram, mas menos do que esperado", analisou no final, à conversa com os jornalistas.

Para Moscovici, nas eleições de domingo, "as pessoas expressaram a sua ligação à Europa, mas sobretudo o desejo de ter uma Europa diferente e por isso alguns partidos perderam e outros, como os verdes, ganharam".

"Agora compete aos líderes construírem uma nova plataforma, um novo programa e um novo mandato para a nova comissão, que reflita as grandes prioridades das pessoas", frisou, e disse estar convencido de que de os cidadãos europeus estão hoje mais ligados à União Europeia.

Durante a sua intervenção, o comissário europeu fez elogios ao primeiro-ministro português, António Costa, e ao ministro das Finanças, Mário Centeno, que considera "bons amigos", embora sublinhe a importância dos resultados: "Não olho para quem está no Governo, mas sim para o que o Governo está a fazer".

Portugal tem-se destacado pelos progressos dos últimos anos, considera Moscovici.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de