Marxista desde pequenino, Vasco Santos quer saltar de Barcelos para Bruxelas

Com 46 anos de idade e 15 de atividade sindical, Vasco Santos é o candidato do Movimento Alternativa Socialista às eleições europeias de 2019.

Ativista, socialista e marxista desde sempre. É assim que Vasco Santos, candidato a eurodeputado pelo Movimento Alternativa Socialista (MAS), se define em poucas palavras.

Cresceu em Barcelos, no meio de um ambiente político muito ativo, e acompanhou de perto as primeiras manifestações de estudantes contra a Prova Geral de Acesso, em 1992. Manteve-se sempre perto das origens e, hoje, com 46 anos, trabalha como auxiliar de ação médica no Hospital de Santa Maria Maior, na terra que o viu nascer.

A política faz parte da sua vida desde muito novo e é dirigente sindical "desde 2004". Neste momento, ocupa o cargo de vogal no Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte.

Chegou ao MAS em 2010, por acreditar que este é um partido onde as palavras e as ações andam de mãos dadas. Hoje, com a candidatura às eleições europeias, pretende levar uma "nova esquerda anticapitalista" para Bruxelas.

O salário mínimo europeu de 900€, uma rede europeia de creches públicas e a prisão efetiva de agressores machistas são algumas das propostas de Vasco Santos para construir "uma Europa sem muros nem austeridade".

As Eleições Europeias decorrem entre 23 e 26 de maio, consoante o Estado-membro. Em Portugal estão marcadas para dia 26 de maio.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de