Pelo recato e contra a "confusão"

No dia em que viajou no metro de Lisboa e aproveitou para defender perante alguns dos utentes que foi o Governo do qual fez parte que avançou com o passe social único nos transportes públicos, Pedro Marques, cabeça de lista do PS, fê-lo, mas apenas à entrada da estação do Cais Sodré.

Durante a viagem, o candidato ao Parlamento Europeu optou por permanecer sentado, junto à janela, conversando apenas com alguns dirigentes socialistas. Pedro Delgado Alves, vice-presidente do grupo parlamentar do PS, e Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, foram alguns dos que se juntaram a Pedro Marques na ação de campanha.

E também à conversa. Sentados, pois claro, até porque, na carruagem, o candidato socialista chegou a pedir desculpa pela "confusão".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados