EV.Charge é a única app a carregar o veículo elétrico em casa, no trabalho e na estrada

A aplicação da EDP Comercial é a primeira em Portugal a integrar todas as dimensões do carregamento numa única plataforma.

Quantos cartões, contratos, apps e outras soluções precisam os condutores para entrar no ecossistema da mobilidade elétrica? O ideal seria que bastasse um estalar de dedos para todas as preocupações ligadas à transição energética desaparecerem. Foi por isso mesmo que o EV.Charge, da EDP Comercial, se converteu, este ano, na única aplicação em Portugal a integrar numa só plataforma todas as dimensões do carregamento - em casa, no trabalho ou na via pública.

A aplicação, lançada em 2019, é a solução digital criada para integrar a experiência de carregamento de veículos elétricos em espaços públicos e privados. Carregar um carro zero emissões é hoje tão fácil como abastecer um automóvel movido a combustão interna. Até há poucos anos não era assim, mas a tecnologia avançou a grande velocidade, tornando a experiência intuitiva, eficiente e sempre disponível.

Daniel Galvoeira, residente em Évora, ainda se lembra como há menos de uma década fazer uma simples viagem até Lisboa era uma odisseia com as velocidades muito controladas para conseguir gerir os carregamentos. "Em 2013, quando tive o primeiro veículo elétrico, o único posto disponível na região de Lisboa ficava na A5, em Oeiras", recorda o auditor interno do Hospital de Évora.

De lá para cá, a rede passou a cobrir o país de norte a sul, com as novas soluções a acompanhar esta evolução. A EV.Charge é a aplicação que Daniel usa desde que surgiu no mercado. Inicialmente projetada como solução para condomínios, a interface digital da EDP Comercial passou este ano também a disponibilizar informação sobre a rede de carregamento público a qualquer utilizador, além das funcionalidades de carregamentos particulares e empresarias que já oferecia aos clientes da EDP. Um dos grandes trunfos é a possibilidade de carregar o carro elétrico na rede pública com a EDP EV.Charge, sem precisar de usar o cartão CEME.

Mas há outras funções que, segundo a empresa, prometem alargar e melhorar a experiência na mobilidade elétrica. Começando desde logo pela possibilidade de pesquisar pontos de carregamento públicos mais próximos ou, então, consultar informação detalhada, incluindo localização, tomadas, potências, ID, custo ou indicações de como chegar aos locais de carregamento pretendidos.

São estas, aliás, as funções mais úteis desta app, conta Daniel Galvoeira: "Consultar a localização dos postos, carregar a bateria do carro sem a necessidade de um cartão físico ou monitorizar os consumos são as principais mais-valias que retiro desta aplicação." Mas a EV.Charge permite ainda solicitar o cartão Mobilidade Elétrica EDP (CEME), ativar e concluir sessões de carregamento na rede pública ou carregar o carro elétrico com o smartphone, descartando a necessidade de transportar o cartão.

São tudo possibilidades que as soluções digitais inauguraram nos anos mais recentes, permitindo fechar finalmente o ecossistema da mobilidade elétrica, explica, por seu turno, o presidente da UVE - Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos: "Com a oferta de carros a ultrapassar já uma centena de modelos e a rede de carregamentos em expansão acelerada, as apps, entre as quais a EV.Charge, são as peças centrais que faltavam para responder às principais necessidades dos condutores."

Elas tardaram a chegar ao mercado português, mas rapidamente tornaram-se imprescindíveis, defende Henrique Sanchéz, recordando a sua utilidade para qualquer condutor de carros elétricos: "São elas que tornam possível saber com antecedência não somente a localização dos postos e a sua potência, como verificar em tempo real a sua indisponibilidade ou disponibilidade por motivos de avaria ou de utilização por parte de outro condutor", acrescenta o dirigente da UVE para demonstrar que, sem as novas soluções digitais, a mobilidade elétrica continuaria ainda "muito limitada".

Veja tudo sobre mobilidade e o Portugal Mobi Summit em https://portugalms.com/

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de