Secretária de Estado garante que Governo está pronto para apoiar eletrificação

O momento atual de transição energética no setor automóvel é visto como uma oportunidade para Portugal proceder à renovação do seu parque automóvel, de acordo com a secretária de Estado para Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, que garante o empenho do Governo para apoiar a descarbonização dos transportes.

Falando no arranque do painel da ACAP na Feira da Mobilidade desta edição do Portugal Mobi Summit, Rita Marques destacou o facto de se estar num "ponto de viragem para o setor automóvel em Portugal por duas razões: primeiro, temos uma agenda muito ambiciosa no que à mobilidade diz respeito, uma oportunidade única para fazermos a diferença. Tem de existir algum investimento para a renovação do parque automóvel, como o reforço da rede de carregamento e de garantias, por exemplo, algo que reconhecemos".

A outra mensagem que a secretária de Estado quis passar tem que ver com a discussão em sede do Orçamento do Estado de medidas para atender às necessidades e prioridades do setor automóvel.

"Estou consciente das necessidades que identificaram, que fará parte da minha agenda e que tudo farei para que no OE possamos ter uma oportunidade única para enfrentar este desafio, até porque temos um parque automóvel muito envelhecido, de 13 anos de média, o que em comparação com os nossos parceiros europeus nos deixa em posição muito frágil, porque isso significa que há um impacto a nível da poluição, do desgaste das nossas vias e da própria segurança."

A secretária de Estado reforça o facto de existir uma "agenda muito ambiciosa para a sustentabilidade, consagrada não só pelo Governo, mas também a nível europeu, com Portugal a poder receber apoios comunitários para fazer essa transformação".

Destacando ainda que tem tido reuniões de trabalho com a ACAP para ficar a conhecer as dificuldades do setor automóvel nacional, Rita Marques fechou a sua intervenção com a mensagem de que esta "é uma oportunidade única, com uma agenda ambiciosa, que coloca Portugal preparado para o programa "Fit for 55" que é preciso agarrar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de