Via verde lança portal para venda, renting e reparação de veículos

Via Verde Auto é 100% digital e conta também com incentivos para acelerar a mobilidade elétrica. É mais uma aposta, visando alargar os serviços para lá das autoestradas.

Reparar, comprar ou optar pelo renting são decisões quase instantâneas com o novo portal que a Via Verde, em parceria com a LeasePlan, acaba de lançar para os clientes particulares. Todos estes serviços estão agora disponíveis numa única plataforma, a Via Verde Auto, que além de descontos nas portagens das autoestradas da rede Brisa, também pretende disponibilizar benefícios para apoiar a mobilidade elétrica.

Não se trata apenas das questões ligadas à compra ou ao renting de viaturas. A inovação desta solução está sobretudo na oferta da manutenção ou reparação dos automóveis: "É aí que está uma das grandes mais-valias", explica João Pais de Oliveira, responsável pelas iniciativas Auto da Via Verde.

O serviço, disponível no smartphone ou no computador, "promete mudar" a relação entre clientes e oficinas. A começar pelo primeiro contacto, feito em qualquer momento, em qualquer lugar e através da app ou o website da Via Verde: "O utilizador apenas tem de o abrir, colocar a quilometragem da viatura e escolher entre um serviço rápido ou uma revisão."

O resto vai surgindo por etapas, com cerca de 600 oficinas organizadas por áreas geográficas, que permitem decidir a melhor localização e os orçamentos mais vantajosos: "A plataforma surge como um facilitador entre o cliente e a oficina", conta João Pais de Oliveira, destacando a vantagem de se poder fazer tudo online, restando apenas a deslocação do cliente à oficina para levar a viatura, mas sem demoras, explicações ou preenchimento de fichas. Em breve, será também possível classificar o serviço prestado pelas oficinas, ajudando os utilizadores seguintes a fazerem as suas escolhas.

Mais mobilidade elétrica

Uma das novidades do Via Verde Auto é o incentivo à mobilidade elétrica, com vantagens exclusivas na compra ou renting de hídricos ou elétricos, mas também com um conjunto de informações disponíveis na plataforma, como pontos e modalidades de carregamento para os veículos, calculadora de poupanças, legislação, entre outros.

No caso de renting de um veículo novo ou usado, o cliente passará a beneficiar de uma opção de aluguer com um valor fixo mensal, em que as despesas de manutenção, reparação e seguro estão incluídas. Os serviços do portal dão também direito a oferta de saldo portagem para utilizar nas autoestradas da rede Brisa.

"Os nossos planos, neste capítulo em particular, passam principalmente por facilitar a generalização da mobilidade elétrica", explica o responsável pelas iniciativas Auto da Via Verde. Uma meta, aliás, que conta com a LeasePlan como parceiro. Sendo atualmente um dos "grandes fornecedores" de frotas a empresas privadas e públicas, será também, no curto prazo e com o fim dos contratos renting, "um grande operador" de veículos elétricos usados. Essa é a vantagem da qual a Via Verde quer tirar o melhor partido, planeando a Brisa anunciar em breve mais soluções e infraestruturas para a mobilidade elétrica, visando acelerar a transição energética rumo à descarbonização.

Ecossistema de serviços

Trata-se no fundo de uma estratégia para criar um ecossistema de serviços e produtos que permitam à Via Verde "estreitar a relação" com os mais de três milhões de clientes, afirma João Pais de Oliveira. Uma estratégia, aliás, que não é recente e se foi solidificando desde a primeira crise financeira, na década passada, momento em que a Brisa concluiu que o modelo de negócio não poderia mais estar unicamente centrado no crescimento do tráfego e das autoestradas.

Desde aí, já surgiram várias soluções e serviços, desde a app Via Verde Estacionar, presente em cerca de 25 cidades, e destinado ao parqueamento à superfície, até às áreas de serviço da marca Colibri, passando pela rede de centros de inspeção automóvel, a Controlauto.

E também através de parcerias, não só com a empresa de renting LeasePlan, mas também com a recente associação à Fidelidade para disponibilizar uma nova oferta de seguros, no mercado português, com soluções para automóveis, motorizadas e bicicletas. "O caminho que traçámos visa sobretudo ter um relacionamento com o cliente o mais completo possível", remata João Pais de Oliveira.

Veja tudo sobre mobilidade e o Portugal Mobi Summit em www.portugalms.com

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de