Conhece a isenção parcial de IRS para jovens em início de carreira? 

Isenções começam nos 30% e vão descendo até aos três primeiros anos de obtenção de rendimentos. Objetivo é reforçar os rendimentos dos jovens e é aqui explicada pela consultora moneris.

Os jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 26 anos, que a partir de 2020 concluam o nível de estudos igual ou superior ao nível 4 do Quadro Nacional de Qualificações, desde que considerados não dependentes, poderão beneficiar de uma isenção parcial de IRS nos três primeiros anos de obtenção de rendimentos.

Até à presente data, já eram conhecidos e aplicados alguns benefícios relacionados a jovens trabalhadores, no entanto estes apenas eram atribuídos à entidade patronal e, no âmbito da Segurança Social.

Trata-se de uma medida inovadora que tem como principal objetivo reforçar os rendimentos dos jovens e facilitar, naturalmente, a inclusão de jovens talentos no mercado de trabalho.

O processo burocrático para usufruto deste benefício é relativamente simples. Basta o jovem trabalhador aceder à sua área pessoal do Portal das Finanças e proceder à submissão do certificado comprovativo da conclusão do ciclo de estudos, até ao dia 15 de fevereiro do ano seguinte ao primeiro ano de rendimentos.

Esta isenção parcial é aplicável a sujeitos passivos que tenham um rendimento coletável, incluindo os rendimentos isentos, igual ou inferior a 25.075 euros por ano, o que corresponde a cerca de 1.791 euros mensais brutos (admitindo um salário 14 vezes ao ano).

O valor da isenção no primeiro ano corresponde a 30%, baixa para 20% no segundo ano e para 10% no terceiro ano.

Existe ainda um limite absoluto de 7,5 Indexantes de Apoios Sociais (cerca de 3.285 euros) para o primeiro ano, de 5xIAS no segundo (cerca de 2.190 euros) e de 2,5 IAS (cerca de 1.095 euros) para o último ano.

De referir ainda que esta isenção apenas poderá ser utilizada uma vez pelo mesmo sujeito passivo.

Estes e outros conselhos estão disponíveis para ouvir na página do Minuto Moneris onde a consultora dá os melhores conselhos de governação para a rentabilização dos negócios das empresas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de