Porquê preocupar-se com os Recursos Humanos da sua empresa?

A par da tecnologia, a gestão de recursos humanos é uma prioridade cada vez maior e esta pandemia só veio provar isso mesmo.

Há muito que se reconhece o papel central que o capital humano ocupa em qualquer organização. Não é igualmente novidade que pessoas motivadas são altamente produtivas. E é sobejamente conhecido o impacto que os recursos humanos têm na reputação, influência e credibilidade que emprestam à organização. Se até agora a gestão de uma empresa tinha num primeiro plano a vertente financeira, comercial e operacional, atualmente os Recursos Humanos, a par da Tecnologia, são catapultados para o topo das preocupações dos gestores, sendo condição essencial para que esta possa crescer e prosperar.

Especialmente num momento como este, em que o trabalho remoto impõe um acompanhamento ainda mais regular dos colaboradores. É afinal essencial manter níveis de motivação, alinhamento e partilha de valores, que não ponham em causa a cultura da empresa, apesar da distância.

Ainda antes da Covid 19, o mercado de trabalho atravessava já uma fase de constante mutação e adaptação, fruto da incontornável convivência com as novas tecnologias, de um o ambiente empresarial agressivo, desafiador, competitivo e veloz, e da predominância das gerações Millennials e Z como força de trabalho, com motivações, necessidades e aptidões necessariamente diferentes das gerações que as antecederam. Uma das grandes tendências da gestão apontadas para 2020 é o Outsourcing de processos administrativos de Recursos Humanos, permitindo que os Departamentos de Recursos Humanos das empresas se foquem na otimização e orientação das equipas para um plano estratégico, em vez de se concentrarem em processos administrativos e de compliance.

O recurso à tecnologia, seja para processos de recrutamento e seleção, seja para formação e coaching, para o contacto entre equipas, para o go-to-market, ou mesmo como prolongamento do colaborador (trabalho conjunto entre humanos e robots - blended workforce) é assim, sem surpresas, uma tendências que se prevê crescer nos próximos anos.

Estes e outros conselhos estão disponíveis para ouvir na página do Minuto Moneris onde a consultora dá os melhores conselhos de governação para a rentabilização dos negócios das empresas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de