Quando o salário já não é o único fator para aceitar trabalho

Nem sempre um bom salário é um fator decisivo para conseguir contratar talentos, há cada vez mais variantes a ter em conta. Complementos de subsídio de doença, seguros de saúde e de vida, cartões de refeição, dias de férias extra são apenas alguns exemplos cada vez mais valorizados.

Num mercado de trabalho cada vez mais competitivo, a atração, mas sobretudo, a retenção de talento é hoje um dos grandes desafios das organizações.

Os salários, embora com peso relevante no processo de contratação, deixaram de ser o fator decisivo para a sua concretização.

Os trabalhadores têm hoje exigências que vão muito além do simples aspeto financeiro. É por isso essencial que as empresas se adaptem e procurem ir ao encontro desta nova realidade.

Este processo de adaptação passará certamente pela oferta de benefícios extra salariais que sejam valorizados pelos trabalhadores.

Complementos de subsídio de doença, seguros de saúde e de vida, cartões de refeição, dias de férias extra, comparticipação em despesas de educação e atribuição de automóvel para uso pessoal, são já hoje alguns dos benefícios oferecidos pelas empresas em Portugal.

Contudo, benefícios como a flexibilidade de horário ou o trabalho a partir de casa são cada vez mais valorizados pelos trabalhadores, sobretudo à medida que a geração milénio se vai integrando no mercado de trabalho.

O equilíbrio entre vida profissional e pessoal tem uma importância cada vez maior para a nova geração, pelo que os benefícios que potenciam essa vertente são uma mais-valia para as empresas que os oferecem.

Atualmente, as empresas mais "apetecíveis" para trabalhar, e com uma taxa de retenção de talento mais elevada, são as que oferecem os pacotes mais diversificados e inovadores de benefícios.

Flexibilidade, diversidade e inovação são as palavras-chave no que diz respeito a benefícios laborais.

Estes e outros conselhos estão disponíveis para ouvir na página do Minuto Moneris onde a consultora dá os melhores conselhos de governação para a rentabilização dos negócios das empresas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de