À vela do Oceano Pacífico para a Barragem de Santa Clara em Odemira

O "Na minha praia" anda por Odemira durante esta semana.

Estiveram dois anos no Pacífico a viver num barco antes de descobrirem a barragem de Santa Clara, em Odemira. Rita Norberto e Ricardo Vaz estão desde julho a velejar nas águas do rio Mira, no interior do maior concelho de Portugal.

Ela bióloga, ele arquiteto de formação. Depois de dois anos a viver a bordo de um barco à vela no oceano Pacífico decidiram lançar dois projetos. São dois barcos à vela, o "Phantalassa" e o "Santa Clara à vela".

"Nós vivemos aqui o ano inteiro e por isso assim haja interesse. Fomos apoiados pela autarquia de Odemira, com o programa Odemira Empreende, e graças a isso tivemos possibilidade de adquirir os barcos e o equipamento", explicam.

Fomos conhecer estes dois projetos diferentes: a ideia é fazer passeios e mostrar a barragem de forma tranquila e descontraída, dando a conhecer a fauna e a flora da área envolvente. No entanto, lembra a bióloga, "queremos também colocar as pessoas a pensar sobre os impactos da ação humana no ambiente, as consequências dos nossos gestos, quando por exemplo construímos barragens, porque tem aspetos positivos e negativos associados". Sensibilidade e educação ambiental é o que pretende este jovem casal que trocou Lisboa pela tranquilidade do interior alentejano.

Outra das ideias é a criação de atividades para crianças. Têm levado a cabo a ação "exploradores a bordo", que permite que as crianças saiam a bordo "à descoberta e a explorar depois em terra as espécies. Tem sido um sucesso", garante Rita Norberto.

Tal como têm experimentado os mais novos em explorações que têm feito com a bióloga Rita Norberto e o arquiteto em pausa Ricardo Vaz também nós experimentámos.

O "Phantalassa" e o "Santa Clara à Vela" ficam todo o ano na barragem de Santa Clara, onde não falta o vento de que os barcos tanto precisam e uma paisagem natural rica pronta a ser explorada.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados