Amantes dos faróis encontram em Paço d'Arcos um museu que dá 'luz' à sua paixão

Esta sexta-feira, em Oeira, o "Na minha praia" visitou o Museu dos Faróis.

O Museu dos Faróis, em Paço d"Arcos, está na Direção de Faróis e está aberto ao público. Foi criado a partir de peças que foram sendo retiradas dos faróis porque se tornaram obsoletas e porque a evolução assim o impôs. Desde as primeiras fogueiras aos automatismos do século XXI. O faroleiro Neto conduz-nos pelo Museu e é ele que dá as boas vindas aos visitantes.

Das fogueiras à incandescência a petróleo e ao gás acetileno: toda a história da importância dos faróis na costa portuguesa condensada num só espaço, com peças únicas e com a possibilidade de perceber que alguns modelos ainda hoje continuam em funcionamento.

Há coisas que mudam, outras nem por isso. Ainda hoje os faróis portugueses e os faroleiros continuam ativos nos registos, na vigilância e ganham também outras vidas. Por exemplo, no Cabo da Roca, há de surgir um alojamento turístico que complementa a oferta das visitas. Todos os faróis portugueses são visitáveis à quarta-feira.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados