Centenário Aquário Vasco da Gama renasce das cinzas da crise

O "Na minha praia" está em Oeiras esta semana.

O Aquário Vasco da Gama já teve mais visitas do que tem hoje em dia.

A crise levou com eles os biólogos a tempo parcial que faziam as visitas guiadas. Agora, a Câmara de Oeiras apoiou a instituição com a contratação de dois biólogos e as visitas escolares foram devolvidas ao aquário, ao mais antigo aquário de Portugal e um dos mais antigos do mundo.

A complementar os grandes aquários e tanques que preenchem o espaço de várias cores e tamanhos há também o espaço museológico. Uma sala de aula viva e dinâmica, com espécies autóctones e exóticas.

Fátima Gil, é bióloga e responsável pelos aquários do Aquário Vasco da Gama, leva-nos pelos vários corredores do aquário que está em Oeiras desde 1898, indica-nos as suas principais atrações e o trabalho que é desenvolvido nas dezenas de aquários e tanques que compõem todo este espaço.

O Aquário Vasco da Gama não se esgota numa só visita, pois há muito para ver e muitos pormenores para analisar e ficar a conhecer.

O Aquário Vasco da Gama foi inaugurado a 20 de maio de 1898 na presença da Família Real. Foi determinante a influência de D. Carlos para a sua construção, tendo sido mesmo um dos primeiros aquários no mundo.

Este ano foi ano de reprodução de raias, houve acasalamento, seguimento dos ovos, e as raias já são hoje visíveis no aquário.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de