O misterioso palácio do Marquês com o brasão nas concheiras

Esta semana, o "Na minha praia" anda por Oeiras.

O Palácio do Marquês em Oeiras é um projeto agrícola e de recreio que Marquês de Pombal tinha às portas de Lisboa. Vinha com regularidade, mas não era a sua residência oficial.

Um palácio singular, pois por exemplo tem o brasão nas cocheiras, o que não era normal à época. Mas há uma explicação para isso, que nos é trazida por Alexandra Fernandes, na reportagem áudio que anexamos a este texto.

Sebastião de Carvalho e Melo conseguiu também que este espaço fosse uma das primeiras casas senhoriais a ter uma sala de jantar e água canalizada.

É a olhar para o abraço que a ribeira faz ao palácio do Marquês que nos perdemos depois nos jardins e que os percorremos em direção à Adega do Marquês, que iremos conhecer em breve e que foi recuperada pela autarquia de Oeiras, onde agora se produz vinho de Carcavelos. Um brinde ao "Na Minha Praia".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de