A pulseira inteligente Huawei Band 6 ultrapassa a rival da Xiaomi

Demorou um pouco mais a chegar a Portugal, mas a pulseira de fitness Huawei Band 6 já está à venda entre nós.

É um equipamento que aparece pouco depois do lançamento da grande rival, a Mi Band 6 da Xiaomi e consegue apresentar argumentos quanto baste para relegar essa proposta para a segunda posição.

A começar pelo ecrã.

Estranhamente, a proposta da Huawei tem um painel AMOLED mais pequeno (de 1,47") do que o da Xiaomi (que é de 1,51"), no entanto, como o seu formato é retangular apesar de perder em milímetros ganha em conforto de visualização.

De resto, a Band 6 da Huawei apresenta como argumentos características que a rival nem sonha. Tem tudo o que é habitual: conta passos e se for ligada a um smartphone, monitoriza a distância percorrida, é a prova de água, avalia o sono e acompanha o ritmo cardíaco.

Capacidades importantes, mas que nem são os principais destaques. Aí, estão coisas como a monitorização de 96 tipos de desportos diferentes, a estimativa (24 horas por dia) do índice SpO2, ou seja, da quantidade de oxigénio no sangue, a autonomia de cerca de 10 dias e também a rapidez com que carrega a bateria.

Assista à análise no vídeo acima.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de