Altice Portugal considera difícil que 5G esteja "comercialmente disponível" este ano

Atribuição das licenças de 5G foi suspensa em março devido à pandemia de Covid-19.

O presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, disse hoje acreditar que a quinta geração móvel (5G) avance este ano "em termos processuais", mas considerou difícil que "esteja comercialmente disponível" em 2020.

A consulta pública sobre as regras do leilão para a atribuição das licenças de 5G foi suspensa em março devido à pandemia de covid-19.

Questionado sobre o 5G, numa conferência à distância no âmbito dos resultados do primeiro trimestre, Alexandre Fonseca afirmou: "Acredito que o 5G avance este ano em termos processuais".

Agora, "se isto depois resulta no lançamento comercial, isso já tenho dúvidas", prosseguiu.

"Tenho dificuldade em acreditar que [...] esteja comercialmente disponível este ano", acrescentou o gestor.

Alexandre Fonseca considerou "natural" que haja um "faseamento do pagamento das licenças" de 5G ao longo do tempo, evitando estrangular financeiramente as operadoras de telecomunicações.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de