Análise: o primeiro smartphone Samsung de 2022 parece ser... antigo

Já estamos a testar o primeiro smartphone Samsung de 2022. Estranhamente, a Samsung começa o ano com um smartphone que, de acordo com o seu nome, é 2021. A grande novidade é o processador, mas como é que se justifica aquele preço?

Foi anunciado esta terça-feira e a venda ao público está marcada para a próxima semana. O Samsung Galaxy S21 5G FE é o derradeiro membro da família S21 e tem um ADN muito próprio.

No aspeto, por exemplo, perde a característica que mais distingue os seus "irmãos" S21, S21+ e S21 Ultra. Neles, o módulo das câmaras nasce da estrutura lateral do equipamento, no FE não é assim.

No processador as coisas são mais interessantes. Ele vem com o Qualcomm SnapDragon 888, um SoC que perdeu recentemente o título de melhor processador. Face ao S21, melhorado foi também o ecrã (porque é mais espaçoso) e a lente das selfies. A bateria também é mais espaçosa.

No sentido contrário foi a lente telefoto, que de 64MP passou para 8MP.

Tudo isto são dados que obrigam a que se olhe com atenção para o preço. Muitos esperavam que o FE chegasse ao mercado com um valor mais em conta.

Claro que o ecrã mais generoso, o processador e o sensor das selfies são características que encarecem o dispositivo, mas por outro lado, os materiais utilizados na sua construção e, principalmente, o fator "foi lançado depois do tempo" são variáveis que o puxam para baixo na avaliação final.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de