Cientistas produzem válvula cardíaca funcional com impressora 3D

Primeiras tentativas de impressão deram resultados gelatinosos.

Cientistas produziram uma válvula cardíaca funcional em colagénio, proteína que existe no corpo, com a ajuda de uma impressora 3D, divulgou, esta quinta-feira, a revista Science.

A experiência foi feita por investigadores da Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos.

As primeiras tentativas de impressão a três dimensões com colagénio deram resultados gelatinosos, mas os cientistas conseguiram solidificar o material biológico alterando a sua acidez.

A técnica usada poderá no futuro, segundo os autores do estudo, ajudar doentes que estão à espera de um transplante de coração, mas terá de ser validada em ensaios com animais e humanos.

A curto prazo poderá reparar qualquer órgão, como um coração que sofreu uma perda de função após uma crise cardíaca, defendem os investigadores.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados