"Com os mais rigorosos protocolos", Web Summit regressa a Lisboa em novembro

O cofundador da Web Summit garante que a organização não recua na cimeira desta ano. Na sequência da pandemia de Covid-19, muitos dos eventos internacionais foram cancelados ou adiados.

O cofundador e presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, afirmou esta terça-feira que a cimeira tecnológica "vai avançar este ano em Lisboa", de 2 a 5 de novembro, salientando que irá "aderir aos mais rigorosos protocolos" de saúde, conforme orientação do Governo português.

Na rede social Twitter, Paddy Cosgrave afirmou: "A Web Summit vai avançar este ano em Portugal", sem adiantar mais detalhes sobre o tema.

Numa outra mensagem, Cosgrave acrescentou que aquela que é considerada uma das maiores cimeiras tecnológicas "irá aderir aos mais rigorosos protocolos de saúde, conforme orientação do Governo de Portugal".

Na edição de 2019, o evento contava mais de 70,4 mil participantes registados de 163 países, sendo que quase metade (46,3%) eram mulheres.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave, Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é considerada um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, passou a realizar-se em Lisboa em 2016 e vai manter-se na capital portuguesa até 2028.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de