Depois do Tinder, vem a BeWithMe. Esta é a app que ajuda a salvar namoros

As apps de encontros românticos proliferam pela internet. Mas e depois de encontrar a pessoa ideal? Como manter a relação? É esse o conceito por trás da BeWithMe, a nova aplicação que promete ajudar os casais apaixonados.

Desde o virar do século e com o advento da era digital, cada vez são mais os casais que começam relações através da Internet. Todos conhecemos as aplicações de encontros românticos, elas multiplicam-se e contaminaram o espaço do namoro: desde o Tinder (a mais famosa delas todas), que ajuda a encontrar potenciais parceiros nas proximidades geográficas do utilizador, ao Grindr, que se destina exclusivamente à comunidade LGBT. Mas então e depois de encontrar a pessoa ideal? Quem ajuda a manter essa relação? Foi assim que surgiu a BeWithMe ("FicaComigo",em português), um app cujo objetivo é mesmo ajudar a salvar os namoros.

A ideia partiu de um psicólogo e terapeuta de casais ucraniano, que, enquanto prestava aconselhamento profissional a casais, reparou que todos aqueles que estavam à beira de terminar uma relação queixavam-se do mesmo tipo de problemas. Decidiu, por isso, que a Internet e as aplicações móveis poderiam ser uma ferramenta para a terapia nesta área e lembrou-se de criar um app para ajudar os casais a conhecerem-se melhor e a estarem mais atentos às necessidades um do outro.

O conceito de um "assistente inteligente para pessoas apaixonadas" evoluiu para uma startup real que, nesta altura, já emprega nove pessoas.

"A BeWithMe é um app móvel para casais que utiliza tecnologia e inteligência artificial para ajudar os casais a melhorar as suas relações", resume Oressa, diretora de comunicação da startup.

"É para os casais já existentes que querem trabalhar na sua relação ou que gostariam de descobrir mais um sobre o outro e que já não sabem como surpreender-se", indica, em declarações à TSF.

Oressa explica que a aplicação analisa "os seus utilizadores - os seus gostos, preferências e traços de personalidade - e, depois, através de um algoritmo de inteligência artificial, encontra ideias de encontros e presentes personalizados para cada casal específico".

A app também incorpora também um calendário para a relação, onde os casais podem manter-se a par das datas mais importantes, e fornece conselhos e lembretes inteligentes para manter a relação saudável.

"A aplicação ensina as pessoas a prestarem atenção aos detalhes e, esperemos, a conseguir resolver os problemas da relação. O objetivo é que aprendam a fazer as coisas de tal forma que, idealmente, no futuro, deixem de precisar da ajuda da app", refere a diretora de comunicação da BeWithMe.

Se, inicialmente, o público-alvo da aplicação foram os casais que vivem nos Estados Unidos da América, certo é que a BeWithMe quer expandir a atividade para a Europa e está já a aceitar candidaturas de casais em território europeu que queiram experimentar a app.

"Há algumas peculiaridades entre a psicologia dos casais em diferentes regiões geográficas, pelo que a expansão para outros mercados exige um grande trabalho, mas planeamos que a app chegue também à Europa", afirma Oressa.

Para os casais portugueses que queiram experimentar, basta aceder ao site da BeWithME , fazer o download da aplicação e submeter a candidatura.

BeWithMe from BeWithMe on Vimeo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de